Janjão Artigos Esportivos

10 Mitos do Triathlon
28/10/2014

10 mitos do triatlo

 

1 – "O ciclismo é o segmento menos importante em provas com drafting”.triatlo w

Por um lado, o ciclismo é o desporto ideal para desenvolver a resistência de base, com treinos de longa duração e baixa intensidade, com um gesto cíclico mas sem impactos contra o solo, pelo que é pouco lesivo. Por outro lado, não devemos esquecer que o setor em que se decide o resultado final do triatlo é a corrida, mas uma corrida atípica, uma vez que se inicia com uma fadiga prévia significativa.

 

2 – "O fato de neoprene só serve para evitar o frio.”

A origem do fato de neoprene no segmento de natação do triatlo foi a proteção dos desportistas contra o frio. A sua utilização está delimitada pelo regulamento de forma que em função da temperatura da água e do ambiente os oficiais da prova designarão a sua utilização como proibida, obrigatória ou opcional. Quando é opcional, a maioria dos triatletas usam-no e não é apenas pela comodidade de nadar sem frio…

 

3 – "O trabalho de força é incompatível com o de resistência.”

O triatlo é um desporto de resistência, onde o trabalho de força-resistência tem uma importância vital. Cada vez se torna mais evidente a necessidade de complementar o treino específico na piscina, sobre a bicicleta ou a correr, com um trabalho adicional e específico de força, não só para melhorar o nosso rendimento como também para evitar lesões.

 

4 – "Como sou ‘mau’ preciso do melhor material para me iniciar com garantias.”

Na natação são necessários os óculos para te orientares e evitar irritações nos olhos. O fato de neoprene é um investimento considerável, portanto o ideal é que alguém te empreste ou alugues um. Para o segmento de ciclismo, basta uma bicicleta que esteja bem ajustada às tuas medidas, desta forma evitarás lesões e terás um bom rendimento. Além do capacete, que é sempre obrigatório. E para correr, umas sapatilhas de corrida normais (podes substituir os cordões por um elástico e assim simplificar o processo de as calçar).

 

5 – "É preciso treinar todos os dias as três modalidades.”

Existe a crença falsa de que se és triatleta deves treinar os três segmentos todos os dias.

6 – "Bom nadador em piscina não é sinónimo de bom nadador em provas de triatlo.”

As boas prestações que um triatleta pode ter na piscina não correspondem à realidade de uma prova de triatlo, na qual o segmento de natação se realiza em águas abertas. É por isso que é necessário realizar treinos específicos.

 

7 – "Só os hidratos de carbono é que dão energia.”

Quase todos sabemos que com a realização de um exercício de caráter aeróbio, o organismo obtém a energia através da oxidação da glucose (glucólise) para posteriormente continuar com a obtenção de energia através da oxidação dos ácidos gordos livre provenientes da degradação das reservas de triglicéridos (lipólise). Ao longo de um exercício a utilização de um substrato vai ganhando mais protagonismo, até que o outro se sobrepõe.

 

8 – "Se não és finisher na distância ironman não és um verdadeiro triatleta.”

É importante ir passo a passo e dar o melhor em distâncias mais curtas, começar pelos triatlos de distância sprint, depois passar à distância olímpica e ir fazendo uma progressão lógica antes de dar o salto para o ironman.

 

9 – "Quanto mais volume de treino melhor.” Falso

Esta é uma falsa crença que esteve muito na moda nos inícios do triatlo. Acreditava-se que era necessário realizar grandes quilometradas semanais para conseguir o melhor resultado possível. Longe desta crença, no desporto de resistência o que nos faz melhorar é a assimilação das cargas duras.

 

10 – "Precisas de uma bicicleta de contra-relógio para competir em triatlos de longa distância.”

A opção mais barata é mais engenhosa é "reconverter” a bicicleta convencional de estrada numa bicicleta de longa distância com duas pequenas alterações:

- Avançar o selim ou substituir o espigão de selim com recuo por um neutro ou com avanço;

- Colocar uns extensores no guiador.

É uma boa forma de poder continuar a praticar triatlo em todas as suas distâncias e que não pesará tanto no bolso!

Fonte: (site português) http://www.sportlife.com.pt/

:: Voltar ::